Páginas

Capa de Livro - Produto

Essa foi minha 1ª capa para o livro de Bruno Munari.

Pensando em design o que me ocorreu de imediato foram formas geométricas, abstratas, traços e cores. Mas também pensei nos móveis em acrílico de linhas sinuosas que parecem querer condensar, como em uma captura de fotografia, o líquido em movimento.

O líquido expressa a anti-forma, o movimento, o incompreesível, o universo informal, aquele que os designers usam como base para suas criações formais e simbólicas.

Os círculos são os elementos que norteiam o significado do conjunto, fazendo um vínculo entre as formas espontâneas da natureza e as formas criadas pelo homem.

A capa aponta a ebulição formalizada das idéias, como na cena da bolota de água que reage ao estímulo da gota [ver imagem].

Meu intento é simbolizar a atividade do autor na extração das formas simples e compreensíveis [círculos] do mundo das idéias soltas [líquido agitado], mantendo uma relação de atenção e coerência entre as duas modalidades.

Fiz uma segunda versão mudando as cores para desfazer a ambiguidade criada pelo fato de o líquido ser azul, remetendo à água, da primeira.

Nenhum comentário: