Páginas

I Congresso Norte Nordeste de Ecopaisagismo


O I Congresso Norte Nordeste de Ecopaisagismo aconteceu nos dias 17 e 18 de julho na sede do Crea, no Vale do Ogunjá. Para os colegas que não puderam estar presentes, estou fazendo - na medida do tempo livre - um resumo de cada palestra. A primeira já está disponível.

Dia 17 de julho de 2007

Uma das palestras mais relevantes para os arquitetos urbanistas creio ter sido a intitulada Tendências de Paisagismo no Brasil e no Mundo, ou "Tendências para o Paisagismo..." como preferiu o apresentador - o arquiteto paisagista Benedito Abbud.

Abbud falou sobre a valorização do espaço externo, a importância de entender os usuários do projeto paisagístico - crianças, adolescentes, adultos, idosos, deficientes, animais. Para crianças, mostrou como simples morrotes de grama podem explorar a criatividade; já adolescentes precisam de equipamentos como pistas de skate, locais para prática de esportes; para os idosos, a importância da acessibilidade - assim como para deficientes - e do potencial contemplativo.

Antigamente, segundo ele, os jardins eram mais puramente contemplativos, mas hoje o paisagismo trabalha com funções. Abordando aspectos mais subjetivos, Abbud falou sobre usar madeiras perfumadas, frutos para atrair pássaros, água para produzir sons a fim de explorar os sentidos humanos com o potencial da natureza, usar a vegetação sabendo de seu poder curador, renovador e alertou que devemos estar atentos para não projetarmos apenas pela beleza mas pela interação, esporte, meditação.

Benedito Abbud chamou atenção para o contraste explorado em jardins orientais e no mundo entre a paisagem criada e a paisagem natural; como alguns projetos contemplam ambas de forma colaborativa. Falou sobre a importância dos percursos - como se pode induzir pontos de vista e paisagens que se descortinam através do traçado dos caminhos.

Explicou o "Certificado Ambiental das Edificações" emitido por um órgão americano - US Green Building Concil - que classifica prédios em relação ao seu consumo de energia. Falou sobre crédito e compensação de carbono, sobre "Uma Verdade Inconveniente", que nós devemos aproveitar a demanda por inovações no desenvolvimento devido às questões ambientais atuais e tirar partido disso na nossa profissão.

O palestrante ainda apresentou materiais e soluções de drenagem criadas ou adotadas pelo seu escritório - como o Tec Garden (uma solução para microdrenagem), pisos de concreto drenante, descreveu alguns projetos com termos como "calçada ecológica", "bairro vivo" e ressaltou a importância de sempre trabalhar com pesquisa de campo.

Por fim, ele disse que todo jardim deve ter uma mensagem; citou a frase de Burle Marx: "Nós precisamos usar espécies nativas" e recomendou o livro Paisagismo e Ecogênese, de Fernando Chacel.

Fim do resumo da palestra de Benedito Abbud.

+ Painel: Ecopaisagismo
Engº Agrônomo Stênio Barbosa

Dia 18 de julho de 2007

+ Painel: A Flora Brasileira e o Potencial do Nordeste: O paisagismo, as plantas medicinais e venenosas e as hortículas.
Paisagista André Pinto
Bióloga Marta Fagundes Neves
Engenheiro Agrônomo Antonio Jorge Menezes
Narcizo Bezerra de Freitas


+ Palestra: Sistema Gestor de Arborização de Salvador
Engº Agrônomo Tiago Gomes Teixeira Neto

+ Mesa Redonda: Elementos Arquitetônicos no Paisagismo
Arquiteta Maria Aparecida Santana Veloso
Arquiteto/Paisagista Marcos Queiroz


+ Mesa Redonda: Regulamentação das atividades do paisagismo como formação da Associação Norte e Nordeste do Paisagismo.
Eng. Agrônomo Stênio Barbosa
Paisagista Solange Mendes Luz
Arquiteta Solange Souza Araújo
Ruth Nunes
Eng. Agrônomo Jorge Alex Sá Gomes

Nenhum comentário: